A história do Rock and Roll

Curso de GuitarraUm gênero musical, uma filosofia, um estilo de vida. Para admiradores e fãs, é isso e muito mais. O rock surgiu nos Estados Unidos, nos anos 50, da mistura de gêneros como blues, jazz, gospel e country e foi batizado pelo radialista Alan Freed em 1951. Nessa mesma época entram à venda as guitarras elétricas de corpo sólido que tornam-se características marcantes do rock, assim como o uso de amplificação eletrônica, além de uma batida acentuada na música.

Entre seus primeiros artistas haviam nomes como Bill Haley e Chuck Berry. E, em 1955 chega ao cenário Elvis Presley, o Rei do Rock, conquistando os ouvidos e corações de toda a juventude da época. Os anos 60, também conhecidos como “anos rebeldes” introduzem a banda de maior sucesso de todos os tempos, bem como aqueles que muitos consideram seus maiores rivais. Nessa época, começam a ser feitas canções que contestavam a violência e a Guerra do Vietnã, dando ao rock um caráter político explorado até os dias atuais.

Com o tempo, o rock foi dando origem a diversos subgêneros como o Rock Progressivo, Glam Rock, Hard Rock, Punk, New Wave, Heavy Metal, Grunge, Alternativo, Indie Rock, entre outros. Tradicionalmente, sempre fez sucesso graças à identificação que os jovens sentiam, pelo estilo rebelde de alguns de seus cantores e bandas, em contraponto ao estilo mais conservador de seus pais.

O que, por vezes gerou grandes controvérsias em torno do gênero. Porém, conforme essas gerações mais jovens foram crescendo e tendo seus filhos e o rock passou a ser mais difundido e aceito. Durante décadas, o rock tem tido sua parcela de influência na moda. Muitas bandas e estilos procuravam se afastar do lugar-comum de suas épocas adotando diferentes modos de se vestir que eram replicados por seus fãs. Shows e festivais de rock por todo o mundo são famosos por reunir multidões para assistir seus ídolos tocando no palco. Alguns dos mais famosos foram Woodstock que aconteceu em 1969 e contou com artistas como Jimi Hendrix e Janis Joplin unindo milhares de jovens sob o lema “paz e amor” o Rock in Rio, que já conta com edições em outros países e foi um marco para o rock no Brasil e o Live Aid, que aconteceu em 1985 juntando grandes nomes dos cenários mundiais do rock e do pop e onde foi fixado o dia 13 de julho como o Dia Mundial do Rock.

Guitarras e os jovens

Hoje em dia muitos jovens tem comprado suas guitarras o que não deixará o Rock morrer. No Brasil, país cheio de ritmos e estilos musicais o Rock sobrevive com bandas como O Rappa, Capital Inicial, CPM 22, Sepultura e outras diversas bandas que vem surgindo ao longo dos últimos anos, inspirados em outras bandas nacionais como Legião Urbana. E você, gosta de rock? Já fez algum curso de guitarra? Tem algum instrumento musical relacionado do Rock? Já foi há algum bom evento de Rock Nacional? Visitou o Rock in Rio? Conta para gente qual sua banda favorita e em que situações você acha que o Rock salva a música nacional. Além de tudo isso o Rock é um estilo político.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *