Como economizar água no condomínio? Veja 8 dicas!

A escassez de água é um problema sério, que precisa de atenção constante!

O síndico deve mobilizar os moradores do condomínio, incentivando o consumo de água mais sustentável e a economia na conta de água da SABESP.

E eu recebo contato de vários síndicos pedindo ajuda e dicas do que dizer ou fazer para que os moradores se engajem de verdade na economia de água, que ajuda o bolso, o condomínio e o meio ambiente, que é o principal.

Porque acompanhar sempre suas contas da Sabesp

É necessário que você saiba como tirar sabesp 2 via de conta vencida para que possa, depois de algum tempo realizando as ações de economia, fazer um real comparativo sobre o que aconteceu com os valores e consumo de água.

Dessa forma também é possível saber em qual mês ou época do ano o consumo de água feito pelos moradores é maior.

Hoje vou deixar nesse artigo oito dicas valiosas que vão te ajudar a manter a conta de água da Sabesp em dia e o meio ambiente cada vez melhor para nós e as futuras gerações:

Veja 8 dicas para economizar água no condomínio

Vale lembrar que existem dezenas de dicas, porém eu resolvi separar apenas as oito principais dicas para que você consiga ter controle da sua conta de água sabesp.

1. Tecnologia é aliada da economia de água

Todos os anos, empresas oferecem novidades tecnológicas para reduzir o consumo. Informe-se e faça da tecnologia e de outros aparatos inovadores seus aliados na luta para diminuir o consumo de água no seu condomínio.

2. Não deixe que os condôminos esqueçam de economizar água

Espalhe lembretes nas áreas comuns do prédio! Exemplos: não demorar no banho, usar a máquina de lavar roupas somente na capacidade total e fechar a torneira quando ensaboa as louças da cozinha.

3. Procure os vazamentos

Programe inspeções constantes para detectar possíveis vazamentos. Fiscalize periodicamente todas as válvulas e torneiras do edifício. A vistoria pode feita por um zelador treinado e vai indicar se há desperdício.

Se for observado qualquer vazamento, providencie o reparo pelo condomínio ou, se for o caso, passe para o apartamento responsável. Inclua na inspeção a caixa d’água e realize a limpeza da mesma frequentemente.

4. Gaste menos água nas torneiras e chuveiros

Hoje em dia existem empresas especializadas em redutores de vazão. Quando instalados em chuveiros e torneiras dos apartamentos, eles garantem uma economia significativa de água.

Os redutores vão desde aquela simples “redinha de ferro” que direciona a água, passando por válvulas redutoras de pressão até aparelhos mais sofisticados.

5. Hidrômetros individuais podem auxiliar na conscientização

A individualização dos hidrômetros é outra ótima medida para economizar água. O sistema tradicional é o condomínio ratear o gasto de água entre os moradores.

Com os hidrômetros individuais, cada apartamento paga apenas o que consumir e aí há uma motivação para que cada unidade adote hábitos que diminuam o uso de água.

6. Atenção ao aquecimento

Há sistemas modernos que eliminam o desperdício de água ao esperar o aquecimento. Há gasto quando se fica esperando sair toda a água fria que fica no encanamento.

7. Vasos sanitários não podem ser esquecidos

Outra troca que vale a pena o investimento é sobre os vasos sanitários. As bacias com válvulas mais antigas soltam entre 12 e 24 litros de água por cada nova descarga!

Já os vasos mais modernos, com caixa acoplada, despejam apenas 6 litros. Há ainda sanitários que despejam volume de água diferente conforme a necessidade

8. Reaproveite a água

Uma alternativa é reaproveitar a água da chuva para regar jardins e limpar pisos.

Outra é implementar uma estação de tratamento de água simples, mas que garanta um uso para o banho e para as pias diferente do que vai para as descargas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *